Notícias

Loading...

quarta-feira, 9 de abril de 2014

MP requer que Estado de Sergipe disponibilize professores para escolas em Tomar do Geru

Ler toda a notícia
Além de professores, o MP postula na Ação que o Estado disponibilize, também, dois porteiros, dois auxiliares administrativos e uma merendeira, para suprir vagas existentes na Escola Estadual Dom Vicente Távora.
O Ministério Público de Sergipe, por intermédio da Promotora de Justiça Dra. Alessandra Pedral de Santana Suzart, ajuizou Ação Civil Pública com pedido de antecipação de tutela, para que o Estado de Sergipe seja obrigado a disponibilizar professores nas Escolas Estaduais “Prefeito Pedro Balbino” e “Dom Vicente Távora”, localizadas no Município de Tomar do Geru. Além de professores, o MP postula na Ação que o Estado disponibilize, também, dois porteiros, dois auxiliares administrativos e uma merendeira, para suprir vagas existentes na Escola Estadual Dom Vicente Távora, mediante nomeação de aprovados em concurso público, ou contratação por tempo determinado, para atender a necessidade temporária de excepcional interesse público, conforme a legislação de regência. O MP foi notificado pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica da Rede Oficial do Estado de Sergipe - SINTESE acerca da falta de professores e servidores para a execução das atividades essenciais nas escolas em questão. De acordo com os autos da ACP, depois de tentativas extrajudiciais promovidas pelo órgão ministerial, com o intuito de sanar as pendências, os problemas persistem e, vale ressaltar, houve grande evasão de alunos nas escolas e, de acordo com a Diretora da Escola Estadual Dom José Vicente Távora, cerca de 80 alunos deixaram de fazer a matrícula. Os alunos do ensino médio da escola Prefeito Pedro Balbino estão sem aulas de Geografia, Português, Filosofia e Sociologia, o ensino fundamental da Dom Vicente Távora sem aulas de Inglês, Sociedade de Cultura, Ciências, Português e Redação e, ainda, os alunos do EJA – Educação para Jovens e Adultos padecem com a falta de professores das disciplinas Inglês, Física, Artes e Sociologia. “Ante esse quadro desalentador, não se podem mensurar os danos causados a esses alunos que veem comprometidos sua formação e seu futuro educacionais e o seu preparo para o exercício da cidadania”, pontuou a Promotoria na ACP. O MP requer seja cobrada multa diária no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais), a ser revertido para o fundo de reconstituição do bem lesado e, também, multa pessoal ao Secretário de Estado da Educação, caso haja descumprimento do que vier a ser determinado judicialmente.
Mônica Ribeiro Assessora de Imprensa MP/SE
Imagem: MP/SE

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Municípios da região Sul e Centro Sul discutem elaboração da Política Estadual de Coleta Seletiva

A cidade de Boquim foi sede das discussões de um dos pontos primordiais da Política Nacional de Resíduos Sólidos(PNRS), que é a  Coleta Seletiva.  Por meio da realização de consulta pública, envolvendo os 16 municípios que compõem o Consórcio Público de Saneamento Básico de Resíduos Sólidos da Região Sul e Centro Sul do Estado, foram discutidas na manhã de hoje, 01 de abril, as diretrizes para elaboração do Plano Estadual de Coleta Seletiva do Estado de Sergipe, evento realizado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (Semarh).

Em sua explanação durante a consulta pública, o secretário da Semarh, Genival Nunes, explicou que os resíduos sólidos configura um dos problemas mais complexos da atualidade. Ressaltou que a coleta seletiva aparece como uma das alternativas capazes de minimizar os impactos causados pela má disposição dos resíduos sólidos no meio ambiente.
“Com a instituição da Coleta Seletiva no Estado, o Governo de Sergipe, atrelado às diretrizes incutidas na Política de Resíduos, contribuirá  efetivamente para o acesso dos catadores e coletadores  à cidadania, à oportunidade de renda e à inclusão social. Esse  segmento de trabalhadores são os verdadeiros protagonistas da Política Nacional de Resíduos Sólidos”, considerou o secretário.
O vice-presidente do Consórcio Público da Região Sul e Centro Sul, o prefeito da cidade de Tomar do Geru, Augusto Soares, revela que a coleta seletiva é uma das ações que o consórcio se adianta em constituir, em conformidade com o que rege a política nacional, atendendo a inclusão dos catadores no processo de gestão. “Estamos cumprindo leis diante do Ministério Público”, declarou o prefeito.
Aaudiência contou ainda com as presenças dos prefeitos de Simão Dias, Marival Silva; de Poço Verde, Thiago Doria; de Tobias Barreto, Adilson de Jesus; de Indiaroba, Losé Leal;  e de Arauá, Ana  Helena.  Também, o fórum de discussões da implantação da coleta seletiva contou com a participação de integrantes das prefeituras municipais de Estância, Indiaroba, Itabaianinha, Lagarto, Pedrinhas, Riachão do Dantas, Santa Luzia do Itanhi, Salgado e Umbaúba.


Consulta Pública
Na audiência, os representantes de prefeituras e prefeitos tiveram a chance de discutir o total de nove diretrizes para implantação da coleta seletiva em seus municípios. As diretrizes foram extraídas com base na realização de diagnóstico providenciado pela Semarh por meio da Terraviva, empresa contratada pra elaboração da Política Estadual de Coleta Seletiva.
Nas diretrizes debatidas durante audiência estão, o Gerenciamento de Resíduos Sólidos nos municípios, Mobilidade da População, Inclusão Sócio Produtiva de Catadores de Materiais Recicláveis, Apoio de Instituição de Financiamentos, Incentivos Fiscais e Parceiros Comerciais; Infraestrutura dos Serviços de Coleta Seletiva; Alinhamento dos Serviços de Coleta Seletiva à Legislação; Desempenho das Cooperativa; Criação e Adoção de Mecanismos para Regulação do Comércio de Reciclagem, e por fim, a Implantação de Programas de Educação Ambiental Formal e Informal.

De acordo com a Coordenadora do Consórcio Público da Região Sul e Centro Sul, a técnica ambiental da Semarh, Vera Cardoso, das nove diretrizes, apenas cinco  serão escolhidas durante realização das demais consultas públicas.

“Com a realização das demais consultas públicas que ocorrerão nos consórcios públicos do Estado, as diretrizes escolhidas serão  agregadas  no plano de elaboração da Política Estadual de Coleta Seletiva”, explicou Vera Cardoso, enfatizando que o consórcio público Sul e Centro Sul tem se destacado no processo de gestão de Resíduos Sólidos.

“O consórcio hoje já conta com ações importantíssimas para consolidação da Política de Resíduos Sólidos da região. Dentre as iniciativas, à adesão dos municípios à Agenda Ambiental da Administração Pública (A3P), e os Decretos que institui Serviços de Reciclagem, e o de Atendimento à mulher catadora”, aponta a técnica.
Demais consultas
Nessa quinta-feira, 03 de abril, ocorrerá na cidade de Siriri, a Consulta Pública do Consórcio Público do Agreste Central. Já no próximo dia 9 de abril, ocorrerá a Consulta Pública do Consórcio Público do Baixo São Francisco, a ser realizado na cidade de Propriá. E para finalizar o ciclo de audiências públicas, no dia 10 deste mês ocorrerá a Consulta Pública do Consórcio Público da Grande Aracaju, evento que será realizado em Laranjeiras.

Além da presença de técnicos de prefeituras demais representantes municipais, a consulta pública contou com a participação da superintendente de Educação Ambiental da Semarh, Fátima Maynard, e da coordenadora do processo de implantação da Coleta Seletiva no Estado, Tânia Ribeiro.
Fonte: ASN

terça-feira, 1 de abril de 2014

Deputado afirma que a saúde Sergipe ultrapassa o caos


Fazendo uso da palavra na manhã desta terça-feira, 1, na tribuna da Assembleia Legislativa, o deputado Estadual, Gilson Andrade (PTC), presidente da Comissão de Saúde da AL, disse que esteve em reunião com o Ministério Público na cidade de Estância onde discutiu mais uma vez, a situação caótica do Hospital Regional Dr Jessé Fontes construído em 2011. Ele observou que os terceirizados que atuam no hospital estão sem receber seus devidos salários há 4 meses, inclusive o décimo terceiro.

Segundo Gilson, a proposta era que a unidade de saúde funcionasse em meados de 2012, disponibilizando serviços de urgência, plantões de ortopedia, clínica médica, pediatria, cirurgia geral, internamento e serviço de UTI com 10 leitos. O parlamentar afirma que Isso não ocorreu. “Vou falar, doa a quem doer dos problemas que afligem a saúde do nosso povo", disse o deputado.

Gilson Andrade observou que no primeiro trimestre de 2014 já está no final e diante da situação indefinida, o Ministério Público Estadual solicitou uma audiência com gestores responsáveis pela saúde em Sergipe. Na reunião estiveram presentes promotores, Secretaria de Saúde de Estância e de Tomar do Gerú, além de representantes do Conselho Regional de Medicina e da Fundação Hospitalar de Sergipe, e este poder representado pelo deputado Gilson Andrade.

Para Gilson a situação que considera calamitosa na saúde do Estado, causa indignação e revela o verdadeiro sentimento do Governo de Sergipe pelo povo que se resume a descaso. Outro ponto questionado pelo parlamentar foi em relação ao ProRede. A respeito do almejado empréstimo no valor de US$ 100 milhões, que o Governo de Sergipe deseja fazer para implantar na saúde, o deputado assegura que não tomou nenhuma posição até o momento e desmente que tenha se pronunciado a respeito.

Gilson afirma que está informado sobre a divulgação da mídia de que ele já manifestou seu voto. “Como posso opinar se não recebi o projeto em meu gabinete para analisar juntamente com a minha equipe. Para emitir opinião tenho de ser devidamente informado da matéria”, enfatizou o deputado. - 

Fonte: http://www.revistanordeste.com.br/noticia/brasil/gilson+andrade+afirma+que+saude+de+sergipe+ultrapassa+o+caos-5504#sthash.3ndldMKo.dpuf

quarta-feira, 19 de março de 2014

COLISÃO ENTRE MOTOS MATA UM JOVEM E DEIXA DOIS FERIDOS ENTRE CRISTINÁPOLIS E TOMAR DO GERU

FOTO: SEGUIDOR RICARDO MARQUES
FOTO: SEGUIDOR RICARDO MARQUES

Uma colisão frontal entre duas motocicletas deixou o saldo de uma morte e dois feridos em estado grave na noite dessa terça-feira, 18/03 em na região sul de Sergipe.
O acidente ocorreu na Rodovia Estadual SE – 295 que liga os municípios de Cristinápolis a Tomar do Geru. Na colisão entre as duas motocicletas, um dos motociclistas morreu no local do acidente, um foi enviado em estado grave para o HPP – Ernesto Chê Guevara em Umbaúba, e um terceiro ficou em observação na unidade hospitalar local.
Informações de populares que passaram pelo local dão conta de que os envolvidos no acidente não estavam utilizando capacete de segura. A falta do uso do assessório de segurança potencializa os danos sofridos em caso de acidente com esse.
Até o fechamento dessa matéria não conseguimos obter nenhuma informação adicional sobre o caso.
Fonte: Portal Alarde. Disponível em: http://portalalarde.com/colisao-entre-motos-mata-um-jovem-e-deixa-dois-feridos-entre-cristinapolis-e-tomar-do-geru/.

sábado, 15 de março de 2014

Jackson autoriza obras em Tomar do Geru que somam quase R$ 1,2 milhão


Serão pavimentadas 10 ruas e a construção de uma quadra poliesportiva coberta e com arquibancada

No início da noite desta sexta-feira, 14, o governador Jackson Barreto realizou mais uma visita produtiva ao município de Tomar do Geru, a 131 km da capital, onde assinou ordens de serviço para pavimentação de 10 ruas e a construção de uma quadra poliesportiva coberta e com arquibancada, atendendo aos anseios da juventude que não conta com nenhum espaço público de lazer dessa natureza. As obras serão realizadas no âmbito do programa Sergipe Cidades.

“Estou buscando resgatar uma dívida do Governo do Estado com Tomar do Geru, uma vez que esse município foi praticamente esquecido por diversas administrações. Às vezes, dava até a impressão que o município não fazia parte de Sergipe. Agora, essa história mudou”, sentenciou o governador ao chegar na cidade e ser recepcionado pelo prefeito Augusto Diniz e pelos vereadores Cremilson do MST (presidente da Câmara de Vereadores) Finha Diniz, Zé Araújo, Zé Velames, Tonho de Nezinho e Milton da Comase.

Pela ordem de serviço, serão pavimentadas a paralelepípedo em 10 ruas e travessas na sede do município através do Sergipe Cidades, perfazendo uma área total de 7.093, 80m², a um custo de R$ 351,2 mil. “Essa é mais uma intervenção que representa qualidade de vida para a população de Tomar do Geru”, afirmou o governador, relembrando as últimas visitas realizadas ao município.


Quadra Poliesportiva

Segundo o prefeito Augusto Diniz, os jovens de Tomar do Geru só contam hoje com uma quadra existente em uma associação do município. “Os jovens sempre reclamam da falta de uma quadra esportiva para a prática de esportes. O Governo do Estado mais uma vez ouviu nossas reivindicações e vai proporcionar mais essa conquista”, relatou o prefeito.

Augusto Diniz também evidenciou a importância da visita do governador levando mais benefícios ao município. “Esta é a terceira visita que Jackson Barreto faz como governador em Tomar do Geru, sempre trazendo benefícios. Na primeira vez, ele veio inaugurar a pavimentação da rodovia Tomar do Geru/Itabi; na segunda vez, ele inaugurou a pavimentação de vias, a rodovia Tomar do Geru/Itabaianinha, e a clínica 24 horas. Agora, ele traz a pavimentação de 10 ruas e a tão esperada quadra esportiva. Esta é realmente uma nova história e só temos de agradecer”, registrou o prefeito.

As intervenções para a edificação da nova área de lazer contemplam construção de quadra de esportes coberta com arquibancada em galpão pré-moldado; isolamento vertical em alvenaria e combogós; implantação de poste de 04 pétalas para iluminação pública externa; implantação de pontos para luminária tipo industrial pendente na área interna da quadra de esportes; pavimentação da área externa em concreto simples desempolado; pavimentação da área para jogos em piso de alta resistência; criação de espaço contemplativo com área verde; implantação de rampas acessíveis aos portadores de necessidades especiais e a criação de vagas de estacionamento para carros –inclusive vagas para portadores de necessidades especiais e idosos – motos e bicicletas.

Também prestigiaram o evento, o vice-prefeito do município, Valdir Soares, diversos secretários municipais e secretários de Estado, os deputados federais Mendonça Prado, Fábio Reis, Márcio Macêdo, Rogério Carvalho, além dos deputados estaduais Conceição Vieira, Mundinho da Comase e Zezinho Guimarães, dentre outras autoridades, parlamentares municipais, prefeitos da região e a população do município.
Fonte: ASN
Foto: Victor Ribeiro/ASN

quarta-feira, 12 de março de 2014

Problemas técnicos impedem avião de decolar de Salvador para Ilhéus

Aeronave devia sair do aeroporto na manhã desta quarta-feira (12).
Secretários de diversos estados estavam no voo, diz adjunta de Sergipe.

Um avião da Avianca que devia seguir de Salvador, onde fazia conexão, para a cidade de Ilhéus, no sul da Bahia, na manhã desta quarta-feira (12), apresentou problemas técnicos ainda no aeroporto Internacional Luis Eduardo Magalhães e não decolou. Em contato com o G1, passageiros dizem que vão precisar aguardar até a quinta-feira (13) um novo voo. A companhia aérea afirma que vai se posicionar sobre a situação.
Também estava no voo Cátia Suzane, secretária adjunta da Assistência Social do município de Tomar do Geru, em Sergipe, que se dirigia a um congresso na cidade de Ilhéus. Segundo ela, o encontro é nacional e começa na quinta-feira (13), porém é preciso chegar antes para a retirada das crendenciais. Suzane aponta que mais de 50 secretários da área estão no aeroporto à espera do voo.
“Estão sendo utilizados recursos federais e precisamos levar o certificado comprovando a participação para justificar as despesas. Vamos perder o evento porque o avião só saí amanhã à tarde. Aqui tem mais de 50 secretários. Estamos chateados por conta dessa situação. Só tem um funcionário para registrar os passageiros e entregar a liberação para alimentação e do hotel", disse.
“Só agora à tarde liberaram a alimentação e a hospedagem. Quem quiser, pode voltar de ônibus ainda hoje [quarta-feira]. Isso me atrapalhou totalmente, porque amanhã cedo trabalho, não vou chegar a tempo. Vou esperar o avião que eles liberaram para amanhã três da tarde. Meu Deus do céu, só quero ir embora”, afirmou um outro passageiro, que não quis se identificar.
Fonte: G1 BA

segunda-feira, 10 de março de 2014

Igreja Nossa Senhora do Socorro em Tomar do Geru será adaptada para atender à Lei de acessibilidade

O Juiz Federal Rafael Soares Souza, da 7ª Vara Federal/SJSE, julgou procedente Ação Civil Pública proposta pelo Ministério Público Federal (MPF) em face da Diocese de Estância e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), condenando os réus a promover adequações na Igreja Nossa Senhora do Socorro, em Tomar do Geru, observando o exigido pela Lei Federal nº. 10.098/00, que trata da acessibilidade para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.
De acordo com a Lei Federal nº 10.098/00, a construção, ampliação ou reforma de edifícios públicos ou privados destinados ao uso coletivo devem ser acessíveis às pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, nas áreas externas ou internas da edificação. Os estacionamentos precisam de vagas reservadas próximas dos acessos de circulação de pedestres, devidamente sinalizadas, para veículos que transportem pessoas portadoras de deficiência com dificuldade de locomoção permanente; pelo menos um dos acessos ao interior da edificação deve estar livre de barreiras arquitetônicas e de obstáculos que impeçam ou dificultem a acessibilidade; pelo menos um dos itinerários precisa comunicar horizontal e verticalmente todas as dependências e serviços do edifício; os edifícios deverão dispor, pelo menos, de um banheiro acessível, distribuindo-se seus equipamentos e acessórios adaptados.
O prazo global concedido aos réus foi de 180 (cento e oitenta) dias para conclusão dos trabalhos, no que está abrangido a apresentação do projeto por parte da Diocese, aprovação pelo Iphan, execução, conclusão da obras e comunicação extrajudicial ao MPF.
Fonte: JFSE. Disponível em: <http://www.jfse.jus.br/ac_noticia01.htm>
Fotos: Internet